Seminário de lançamento da Plataforma Narrativas Indígenas: lutas sociais por saúde, dignidade e direitos territoriais

Seminário de lançamento da Plataforma Narrativas Indígenas: lutas sociais por saúde, dignidade e direitos territoriais

Audiovisual Indígena como estratégia de visibilidade de seus saberes e lutas

Audiovisual Indígena como estratégia de visibilidade de seus saberes e lutas

Agroecologia e agricultura do sagrado nos territórios

Agroecologia e agricultura do sagrado nos territórios

Diálogos interculturais na produção de conhecimentos

Diálogos interculturais na produção de conhecimentos

A voz indigena

A voz indigena

O povo xucuru protesta em uma casa legislativa
Quando os Yãmiy vem dançar conosco

Quando os Yãmiy vem dançar conosco

A chegada dos povos-espírito mobilizam os pajés e as mulheres na sua recepção com comidas, cantos e danças no pátio da aldeia junto ao poste dos Yãmĩyxop e à casa-de-religião. Por várias noites as mulheres-espírito Yãmĩyhex virão dançar, conta o pajé Mamey.
Konãgxeka – O Dilúvio Maxakali

Konãgxeka – O Dilúvio Maxakali

Konãgxeka na língua indígena maxakali quer dizer “água grande”. Trata-se da versão maxakali da história do dilúvio. Como um castigo, por causa do egoísmo e da ganância dos homens, os espíritos yãmîy enviam a “grande água”.
Xakriabá – Reconstrução do Mundo

Xakriabá – Reconstrução do Mundo

Enquanto a natureza é destruída, a Onça protetora (Xakriabá) tenta proteger o que ainda resta, espulsando a “ideia de desenvolvimento á qualquer custo”… Tentando reconstruir um novo mundo.
Guerreiras Xukuru do Ororubá

Guerreiras Xukuru do Ororubá

As lideranças femininas do povo Xukuru são relembradas
Índio da Cor de Canela

Índio da Cor de Canela

A história de Humberto Atikum, espírita e indígena Atikum, descendente de quilombolas, conhecido como “Índio da cor de canela”.
Guerreiras Atikum

Guerreiras Atikum

As mulheres Atikum e sua importância para a comunidade.
Mãtãnãg, A Encantada

Mãtãnãg, A Encantada

A índia Mãtãnãg segue o espírito de seu marido, morto picado por uma cobra, até a aldeia dos mortos. Juntos eles superam os obstáculos que separam o mundo terreno do mundo espiritual.
Xupapoynãg

Xupapoynãg

As lontras invadem a aldeia para vingar a exploração e morte de seus parentes, caçados e devorados pelos humanos. Cabe às mulheres travar uma batalha para expulsar os invasores.
Ouricuri Ritual Sagrado dos Fulni ô

Ouricuri Ritual Sagrado dos Fulni ô

O convívio e a essência do Povo indígena Fulni-ô. Pois mesmo com todo processo de globalização, os Fulni-ô conseguiram assegurar um dos seus maiores patrimônio de identidade cultural, o Ritual Ouricuri que é considerado por esses indígenas um ritual de maior expressão da sua cultura.
É tempo de parar

É tempo de parar

Vivemos em tempos difíceis. Cada vez mais o homem só pensa em si mesmo, há tempos ignorou e destrói a natureza sagrada, nós povos indígenas pensamos diferente. A natureza é parte integrante de nosso corpo e de nossa alma, respeitamos e entendemos como ela se comporta. Hoje sua fúria é exemplo pra fugirmos da idiotice, onde pensamos ser o centro de tudo e de todos. Nós do Coletivo Fulni-ô de Cinema trabalhamos com o audiovisual independente, e o nosso papel é construir uma sociedade que entenda e respeite o outro da forma que ele é.
Aikute: O território nas crianças Xakriabá

Aikute: O território nas crianças Xakriabá

Como elas compõem e se relacionam com o mundo a partir do território em que pertencem, tornando-se uma mesma identidade, através dos gestos, afetos e nos olhares, – no brincar de fazer brinquedos com o barro – dando formas a partir do território que elas são.
Plantando e Respeitando; Guardiões dos Saberes Alimentares

Plantando e Respeitando; Guardiões dos Saberes Alimentares

Guardiões dos Saberes Alimentares
Filme de Terror

Filme de Terror

As promessas eleitorais do então candidato à presidencia da república, Jair Bolsonaro, são ficcionadas como um filme de terror
Xikão Xukuru

Xikão Xukuru

Esse documentário conta um pouco da história de luta de Xikão Xukuru, e a organização do povo Xukuru. O documentário foi realizado na oficina de Audio visual realizada pela produtora Cabra quente Filmes. Um dos primeiros filmes da Ororubá Filmes.
Indio não é fantasia

Indio não é fantasia

Jovens decidem qual fantasia usarão na festa e discutem se devem usar roupas de índio
Yoonahle: a palavra dos Fulni-ô

Yoonahle: a palavra dos Fulni-ô

Face à proximidade com a cidade e ao assédio do homem “branco” , os Fulni-ô apresentam a sua forma de viver em dois mundos, resistindo na manutenção da língua, da cultura e de seus segredos ancestrais.
Juventude

Juventude

A história dos jovens Truká e a luta indígena nas novas gerações.
Ihiato

Ihiato

Os realizadores entrevistam os mais velhos para saber as histórias antigas. Os anciãos relembram Padre Alfredo e outros colaboradores brancos com contribuiram para o bem estar de seu povo.
Assembleia Xukuru – Limolaygo Toype: A nossa luta não para!

Assembleia Xukuru – Limolaygo Toype: A nossa luta não para!

A Assembléia Xukuru é a expressão máxima da organização sócio-política do povo indígena Xukuru do Ororubá. De instrumento de democracia interna do povo Xukuru a Assembléia, tornou-se uma referência de organização e discussão das pautas de luta dos povos indígenas do Brasil.