Seminário de lançamento da Plataforma Narrativas Indígenas: lutas sociais por saúde, dignidade e direitos territoriais

Seminário de lançamento da Plataforma Narrativas Indígenas: lutas sociais por saúde, dignidade e direitos territoriais

Audiovisual Indígena como estratégia de visibilidade de seus saberes e lutas

Audiovisual Indígena como estratégia de visibilidade de seus saberes e lutas

Agroecologia e agricultura do sagrado nos territórios

Agroecologia e agricultura do sagrado nos territórios

Diálogos interculturais na produção de conhecimentos

Diálogos interculturais na produção de conhecimentos

Curso AIS e AISANS

Nhandesy

Nhandesy

História e modos de caçar Xakriabá

História e modos de caçar Xakriabá

Este filme é parte do TCC “AS HISTÓRIAS DOS CAÇADORES E DAS CAÇAS -Uma forma de compreender a cosmologia Xakriabá” – com o objetivo de analisar e investigar por meio das histórias de caçadores como se dá a relação com o meio em que vivem, o mato, os bichos, as plantas, e os encantos.
Voz das Mulheres Indígenas

Voz das Mulheres Indígenas

Documentário realizado no âmbito do projeto “Voz das Mulheres Indígenas” da ONU Mulheres, com depoimentos de mulheres indígenas da Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas.
Era uma vez tudo verdim

Era uma vez tudo verdim

Apesar da ausência de chuvas na região, as crianças da etnia Pankararé narram um sertão todo verde onde o ser humano não está no centro do universo e não é maior ou melhor que os pés de Jatobá, animais, terra, água, sois ou chuvas.
Casa de Oração

Casa de Oração

Indígenas Pankará contam sobre suas relações com a Casa de Oração Pankará.
Anciã

Anciã

A história de Dona Maria Borges, anciã do povo Truká
É tempo de parar

É tempo de parar

Vivemos em tempos difíceis. Cada vez mais o homem só pensa em si mesmo, há tempos ignora e destrói a natureza sagrada, nós povos indígenas pensamos diferente. Hoje sua fúria é exemplo pra fugirmos da idiotice, onde pensamos ser o centro de tudo e de todos.
Yiax Kaax – Fim do Resguardo

Yiax Kaax – Fim do Resguardo

Zezão e Jupira estão de resguardo por trinta dias após o parto. Durante este período eles sofrem uma série de restrições, como por exemplo, não comer carne vermelha. Agora o resguardo acabou. Todos vão à cachoeira e o pajé Mamey conduz o ritual exatamente como faziam os antigos.
Jenipapo

Jenipapo

A produção da tinta corporal que os indígenas Truká utilizam em seus rituais religiosos.
Indio não é fantasia

Indio não é fantasia

Jovens decidem qual fantasia usarão na festa e discutem se devem usar roupas de índio
Kotkuphi

Kotkuphi

A colheita, o preparo do alimento, o canto, e demais atividades envolvidas na realização de um yãmîyxop, o ritual, em homenagem ao yãmîy (“espírito”) da mandioca.
Juventude

Juventude

A história dos jovens Truká e a luta indígena nas novas gerações.
Txhleka Fale Comigo

Txhleka Fale Comigo

Este filme apresenta o indígena Fulni-ô Txhleka, que tem a incumbência de lidar com as plantas medicinais. Ele envia um recado para as pessoas do mundo nesses tempos de pandemia.
Missões

Missões

O ser indígena refletido sobre o cristianismo compulsório
Medidas de tratamento da Covid-19 povo Xukuru do Ororubá

Medidas de tratamento da Covid-19 povo Xukuru do Ororubá

Medidas de tratamento para evitar o contágio da COVID-19 no TI Xukuru do Ororubá.
Guerreiras Atikum

Guerreiras Atikum

As mulheres Atikum e sua importância para a comunidade.
Ethxô Nandudya

Ethxô Nandudya

Desde o surgimento do coronavírus o povo Fulni-ô vem acompanhando as notificações dadas principalmente pelo jornal televisivo e pela internet. Acreditava-se que seria impossível o vírus chegar no Brasil, mas chegou.
TRAILER – Nuhu yãgmu yõg hãm: essa terra é nossa!

TRAILER – Nuhu yãgmu yõg hãm: essa terra é nossa!

Antes os brancos não existiam e nós vivíamos caçando com os nossos espíritos yãmĩyxop. Mas os brancos vieram, derrubaram as matas, secaram os rios e espantaram os bichos para longe. Mas os nossos yãmĩyxop são muito fortes e nos ensinaram as histórias e os cantos dos antigos que andaram por aqui.
É tempo de parar

É tempo de parar

Vivemos em tempos difíceis. Cada vez mais o homem só pensa em si mesmo, há tempos ignorou e destrói a natureza sagrada, nós povos indígenas pensamos diferente. A natureza é parte integrante de nosso corpo e de nossa alma, respeitamos e entendemos como ela se comporta. Hoje sua fúria é exemplo pra fugirmos da idiotice, onde pensamos ser o centro de tudo e de todos. Nós do Coletivo Fulni-ô de Cinema trabalhamos com o audiovisual independente, e o nosso papel é construir uma sociedade que entenda e respeite o outro da forma que ele é.
Dona Joaquina

Dona Joaquina

Homenagem à Dona Joaquina, antiga parteira e liderança Pankará